[Resenha] Bela – Ket Strapazzon

Hi Hunters!

Hoje eu vou falar de um livro lindoooo! Primeiro porque ele foi escrito pela Ket, minha amiga maravilhosa do blog Arabesqueando, e segundo porque ele é inspirado no meu conto de fadas favorito: A Bela e a Fera.

“Tale as old as time

True as it can be

Barely even friends

Then somebody bends

Unexpectedly”


(Tale As Old As Time)

bela

Sinopse: Era uma vez…

Bela é uma jovem cheia de responsabilidades, sempre pronta para ajudar os outros, nem que tenha que deixar seus próprios sonhos de lado para isso. Quando o pai, que ela ama acima de tudo, se envolve em uma dívida, ela se oferece para pagar em troca da segurança dele. Em Rose Hill, a mansão coberta de hera e cheia de segredos em que Bela vai trabalhar, fantasmas do passado ecoam entre móveis antigos e livros empoeirados. E é em Rose Hill que ela vai descobrir que as paredes abrigam muito mais do que sussurros e ruídos inexplicáveis… Existe uma Fera à espreita, acompanhando todos os seus passos.

Bela perdeu sua mãe quando era criança e, desde então, eram só ela e seu pai, que após a perda acabou se perdendo um pouco e gastando suas economias com jogos. Eles não tinham muito. A moça tinha que se desdobrar em diversos trabalhos e turnos para conseguir o suficiente para pagar as despesas.

Como dito na sinopse, Bela não mede esforços para cuidar e ajudar o pai, que é jardineiro. Um de seus trabalhos fora nos jardins de uma mansão, com aparência solitária e abandonada. Eu um dos cômodos, o pai de Bela encontrou um objeto que seria capaz de saldar suas dívidas de jogo e, imaginando que ninguém fosse se importar, o levou consigo para pagar o que devia. Porém, alguém sentiu falta do que foi levado e o pai de Bela teria que arcar com as consequências. 

Preocupada com a saúde frágil do pai, Bela logo se prontifica a pagar sua dívida. Nem que seja necessário trabalhar 24hs por dia. Mas os planos do dono do objeto roubado são outros…

Informado sobre a situação de moradia e falta de dinheiro de Bela e seu pai, o senhorio da mansão oferece uma proposta: Bela trabalhará na mansão e seu pai nos jardins até que a quantia roubada seja devolvida. E é aí as coisas começam a ficar interessantes…

A mansão, que outrora fora alegre e cheia de vida, agora exala solidão, mas mesmo assim encanta Bela com seus livros (quem não amaria ter uma biblioteca gigantesca ao seu dispor?!), segredos e regras. As regras são: Não sair do quarto após a meia noite e nunca ir para a ala leste. Mas é claro que nossa protagonista teimosa acaba quebrando-as.

beauty-and-the-beast-libraryy

Uma noite Bela acaba adormecendo enquanto lê na biblioteca e, ao acordar, percebe que estava sendo observada por alguém escondido nas sombras. Curiosa para saber quem a observava, ela passou a prestar mais atenção enquanto lia tarde da noite para ver se a pessoa voltaria. E ele voltava. Sempre nas sombras. Mas sem conseguir parar de observá-la. A determinação de Bela em desvendar os mistérios da mansão e do senhorio, que só se move pela casa após a meia noite, a faz criar coragem para interagir com ele, que falava o mínimo possível e desaparecia em meio à escuridão. Após muita insistência de Bela, seu senhorio, sua fera, vai se revelando. E com essas revelações vários sentimentos vêm à tona, mas já pode ser tarde demais para eles quererem mudar algo… Bela é luz, ele é escuridão; Bela é a rosa, ele é o espinho. O que acontece quando esses dois extremos se chocam?

giphy

A leitura é leve e divertida. A autora consegue nos fisgar logo nas primeiras páginas e nos deixa ansiosa por cada interação entre os protagonistas. A escrita é bem desenvolvida e os diálogos se desenrolam com naturalidade.

Uma das coisas que eu mais gostei foi o fato de só termos basicamente quatro personagens: Bela, seu pai, a Fera e seu mordomo Eugène. Claro que não é regra, mas diversas vezes somos apresentados a inúmeros personagens e o autor não consegue desenvolvê-los de forma adequada, e/ou nós leitores temos que voltar alguns capítulos para lembrar quem é fulano e o que ele está fazendo em determinada cena. Todas as pessoas apresentadas no livro estão lá porque têm o que acrescentar à história e possuem personalidades distintas que foram bem trabalhadas e apresentadas.

Esse romance também foge um pouco do que estamos acostumados atualmente. Amo livros new adults, young adults e livros com bad boys e mocinhas não tão ingênuas, mas sinto que a cada dia temos mais do mesmo. Grande parte dos livros que li nos últimos dois, três anos se encaixa nessas categorias, mas as vezes sinto falta de um romance mais leve, mais pro lado emotivo, da descoberta do sentimento, do que da atração física. E esse livro me proporcionou isso, que é o principal motivo por eu ter ficado tão apaixonadinha por ele.

Sem puxação de saco, eu realmente amei esse livro e já tô indicando ele pra todo mundo que gosta de ler. E até pra quem não gosta. Vai que… O livro está disponível na Amazon em forma de ebook e com um preço super acessível. Como é da Amazon, o formato só é compatível com o Kindle, mas caso você não tenha o leitor digital, é possível baixar o aplicativo do Kindle para andriod, IOS e desktop. Ou seja, não tem desculpa!

Blair, não consigo te chamar de Ket, parabéns por esse primeiro livro! Você sabe que te desejo todo sucesso do mundo e que sempre te apoiarei. E já quero seus próximos livros tanto quanto você quer que chegue a hora do almoço!

Clique aqui para comprar o ebook Bela.

Clique aqui para adicionar Bela à sua estante do Skoob.

Clique aqui para conhecer o canal do Arabesqueando no Youtube.

Boa leitura!

Anúncios

3 comentários sobre “[Resenha] Bela – Ket Strapazzon

  1. Débora Carius disse:

    Esse livro me fez lembrar porque eu amo tanto ler. É tão romântico, sensível, forte, engraçado e rico em detalhes. Simplesmente impossível parar de ler e impossível não se emocionar com todo esse amor envolvido. Foi maravilhoso embarcar nessa história e fantasiar. Então, desejo que leiam e resgatem dentro de si essa fantasia maravilhosa, esse amor além das aparências e de qualquer amarra que vivemos. Em poucas horas devorei esse livro e ainda estou com o pensamento nele hehehehe. A autora nos prende do início ao fim e nos deixa com gostinho de quero mais. E sim, quero mais! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

Conta pra gente o que achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s